Expedição Cananeia - Ilha do Mel (4 dias)

Próxima data:Próximas datas:false,

keyboard_arrow_leftVoltar para viagens

Esse é o trecho de mata atlântica mais bem preservado do Brasil, que abriga uma riquíssima fauna marinha e terrestre (com botos, onças, jacarés, pássaros, etc...). A nossa expedição parte de Cananéia e passa pelo parque estadual da Ilha do Cardoso, Parque Nacional do Superagui, Ilha das Peças e finalmente Ilha do Mel, pelos inúmeros canais que cortam o mangue, totalmente abrigados.

Nível de dificuldade
  • Mar abrigadoMar abrigado – roteiros no mar que possuem todas as aportagens em praias abrigadas. Recomenda-se conhecimentos básicos de canoagem ou ter frequentado um curso de fundamentos de canoagem. (Exemplos: Picinguaba, Praias Desertas).
  • 3 reminhos3 reminhos – 4 ou mais horas de remada por dia (de 20 a 35 km). Expedições mais longas, nas quais o ideal é ter experiência em remadas e exercícios físicos por longos períodos
  • PousadaPousada - pernoite em pousada, com infraestrutura completa, cama, banheiro e banho quente no final do dia!

Roteiro

Como em uma expedição longa, sujeita às correntes de maré e a condição do grupo, não existe programação fixa, apenas um planejamento inicial, o qual vai sendo adaptado, conforme as necessidades, no decorrer da viagem.

1° dia - Saída de São Paulo, estação Rodoviária do Tietê, as 5:00 da manhã. Chegando em Cananéia, embarcamos tudo em uma escuna, que nos leva até depois da Ilha da Casca, e seguimos remando até a vila de Marujá, na Ilha do Cardoso. Paramos para fazer um lanche perto de um histórico sambaqui no canal. Pernoite em casa de locais, com banho quente. (20km, 4horas de remada)

2° dia – Saímos do Marujá e tomamos o canal em direção ao Paraná, passamos por Ariri, canal de Varadouro e vila Fátima, antes de entrar na linda e grande baía dos Pinheiros, onde os canais se abrem e a remada se torna mais exposta ao vento. O destino é a vila de pescadores de Tibicanga, onde pernoitamos em casa de locais e aproveitamos uma janta com frutos do mar recém pescados. (Esse trecho é longo, de aprox. 35 km, 7 horas de remada)

3° dia – Saímos de Tibicanga, contornamos a ilha das Peças, passando peço povoado de Guapicu até pararmos para o almoço em vila Ilha das Peças, onde geralmente os botos dão um show. Cruzamos finalmente para a Ilha do Mel, onde visitamos o Forte dos Prazeres com uma das mais belas vistas da ilha. Pernoite em pousada, em Fortaleza.

4° dia – após o café da manhã, remamos até o istmo de Brasília e caminhamos para visitar o farol das Conchas. Portamos os caiaques para o outro lado da ilha e seguimos para Pontal de Sul, onde tomamos um banho, almoçamos e retornamos a São Paulo.

Pré-requisito: recomendável ter experiência em remadas longas de caiaque (mais de 4 horas por dia)

Para a segurança do grupo, a expedição conta com o que existe de melhor em caiaques oceânicos e equipamentos para essas condições e ainda com o acompanhamento de guias experientes, compartilhando a experiência das decisões com o grupo.

Inclui: caiaques oceânicos, equipamentos, seguro, guias especializados, transporte a partir de SP, refeições em todos os dias (café, almoço frio (lanche) e jantar, exceto café do primeiro dia e almoço e jantar do quarto dia).

Não inclui: equipamento pessoal de camping (saco de dormir)

R$2.498,00 à vista ou 3 x R$ 886,00

Aventureiro programado tem desconto!

  • 10% de desconto para reservas com até 2 semanas de antecedência
  • 5% de desconto para reservas com até 1 semana de antecedência
  • Sujeito a alterações, conforme condições climáticas, visando a segurança.